Connect with us

Hi, what are you looking for?

Destaque

Por 8 votos a 1 Câmara Municipal de Bandeirantes da prosseguimento em denúncia que investiga Prefeito Álvaro Urt

Prefeito Álvaro Urt de Bandeirantes poderá ser cassado pela Câmara. Se cassado, prefeito ficará Inelegível, não poderá se candidatar às eleições de 2020.

A Câmara Municipal de Bandeirantes se reuniu nesta manhã, em sessão extraordinária, com a finalidade de votar o relatório da CIP (Comissão de investigação e Processaante).

Foi aprovado por 8 votos favoráveis e 1 contra (apenas o líder do Prefeito, Mário Souza (DEM) votou pelo arquivamento da denúncia. “Ficamos surpresos com a resposta do prefeito, que na verdade não respondeu nada, tentou desqualificar a comissão. Por isso votamos a favor, dando a oportunidade do prefeito provar sua inocência”, frisou o Ver. Jair Pereira (PSB) – Presidente da CIP.

A denúncia

Foi apresentada denúncia pelo cidadão, Everton Langoski, com a finalidade de apurar suposto crime pelo Prefeito Municipal, Álvaro, referente à operação da Gaeco em Bandeirantes, intitulada SUCATA PRECIOSA. Operação que apurou manutenção de veículos (abastecimento, pneus, elétrica e outros), que eram SUCATAS e estavam no pátio da Prefeitura sem condições de trafegar.

Agora a CIP irá noticiar as testemunhas para serem ouvidas, posteriormente alegações finais e no final, será marcada a Sessão de Julgamento do Prefeito.

Ocorrendo a cassação ele ficará impedido de concorrer às eleições de 2020.

 

You May Also Like

Marketing Digital

Já se foi o tempo em que costumávamos usar o Instagram ou qualquer outra rede social como Facebook ou mensageiros como Whatsapp  para compartilhar...

Cidades

Um candidato a prefeito em Rio Negro, distante 149 km de Campo Grande, terá que excluir um post em que desqualifica uma pesquisa eleitoral...

Brasil

O Brasil atingiu a marca de 200 mil mortos por Covid-19 nessa quinta-feira (7/1). Em 10 meses, o novo coronavírus mudou a maneira como os brasileiros vivem, relacionam-se...

Destaque

A prefeita de Sidrolândia, Vanda Camilo (PP), voltou a trás e anulou a nomeação de três familiares para cargos comissionados na prefeitura da cidade...