Connect with us

Hi, what are you looking for?

Costa Rica

Governo de Costa Rica cria programa de Segurança Alimentar para atender população que mais sofre economicamente por conta da pandemia do Coronavírus

Preocupados em atender à população que mais sofre economicamente por conta da pandemia do Coronavírus (Covid-19) e considerando todos os Decretos de Calamidade Pública no âmbito Nacional, Estadual e Municipal, o Poder Executivo por meio da Secretaria de Assistência Social de Costa Rica – MS criou o Programa de Segurança Alimentar.

Conforme o prefeito Waldeli dos Santos Rosa, o programa de Segurança Alimentar foi criado em caráter excepcional e será coordenado pelo CRAS – Centro de Referência de Assistência Social. “Estaremos entregando uma cesta básica para às famílias que tenham renda mensal de até R$ 2.000,00 (dois mil reais). Reforçando que será concedido apenas uma cesta básica por mês em nome do chefe da família”.

Para o cálculo da renda familiar mensal, será considerada a renda de cada membro do grupo familiar maior de idade, cuja soma do total não poderá ultrapassar o limite de R$ 2 mil. “Nosso objetivo é amparar as famílias carentes afetadas pelos impactos financeiros decorrentes das medidas de contenção da Covid-19, pois esse vírus acabou afetando o sustento da população, notadamente aqueles mais vulneráveis financeiramente”, complementou o prefeito.

Formulário

A distribuição dos formulários acontece nesta segunda (30) e terça-feira (31) no CRAS para as famílias interessadas. O responsável pela família também pode estar imprimindo o formulário no site do Município: www.costarica.ms.gov.br e/ou Clique Aqui.

Os formulários devem ser preenchidos e entregues a partir de quarta-feira, 1º de abril de 2020, no CRAS. Lembrando que a entrega deve seguir a programação ao lado, ou seja, o responsável da família que nasceu no mês de janeiro ou fevereiro pode estar levando seu formulário preenchido nos dias 1º, 13 e 23 de abril, e assim sucessivamente para aniversariantes dos meses seguintes.

Além do limite de renda familiar para ter a concessão do benefício é preciso que pelo menos um membro do grupo familiar tenha domicílio eleitoral em Costa Rica e/ou esteja matriculado em instituição de ensino da REME – Rede Municipal ou Estadual de Ensino.

Além das cestas básicas os cadastrados no programa também poderão receber cobertores. “Toda equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social está pronta para atender a todos que nos procurarem com uma estrutura eficaz para evitar aglomerações de pessoas”, explicou o secretário Municipal de Assistência Social, Leandro Bortolazzi.

A fim de evitar que o benefício seja concedido em duplicidade, inclusive para garantir que possa alcançar o maior número de famílias, o representante da família irá assinar uma Autodeclaração de renda mensal, sob sua responsabilidade pessoal, onde constarão os dados de todos os membros da família maiores de idade. Sendo que o documento será encaminhado para Ministério Público Estadual para fiscalização.

You May Also Like

Marketing Digital

Já se foi o tempo em que costumávamos usar o Instagram ou qualquer outra rede social como Facebook ou mensageiros como Whatsapp  para compartilhar...

Cidades

Um candidato a prefeito em Rio Negro, distante 149 km de Campo Grande, terá que excluir um post em que desqualifica uma pesquisa eleitoral...

Brasil

O Brasil atingiu a marca de 200 mil mortos por Covid-19 nessa quinta-feira (7/1). Em 10 meses, o novo coronavírus mudou a maneira como os brasileiros vivem, relacionam-se...

Destaque

A prefeita de Sidrolândia, Vanda Camilo (PP), voltou a trás e anulou a nomeação de três familiares para cargos comissionados na prefeitura da cidade...