Connect with us

Hi, what are you looking for?

Brasil

Com desempenho ruim e prejuízo de R$ 1,1 milhão, Cruzeiro chega a um ano de jogos sem torcida

Cruzeiro
Cruzeiro

Com Desempenho Ruim,na quinta-feira, dia em que empatou com o São Raimundo-RR fora de casa, pela estreia da Copa do Brasil 2021, o Cruzeiro completou um ano do último jogo que fez com torcida no estádio. De lá para cá, assim como todos os outros clubes do Brasil, a Raposa acumulou um prejuízo de mais de R$ 1,1 milhão sem renda de bilheteria.

O último jogo foi no duelo de ida da terceira fase da própria competição nacional, diante do CRB, no Mineirão. O jogo de 11 de março de 2020 teve vitória alagoana por 2 a 0.

Desde então, com desempenho ruim, o Cruzeiro não atuou mais com torcida, assim como os demais clubes do futebol brasileiro. Resultado disso, para todas as agremiações esportivas, foi o prejuízo nas partidas realizadas como mandante, já que não havia presença de público.

A situação ainda irá perdurar por algum tempo, em virtude do ritmo lento de vacinação no país e também do aumento da média de casos de novos infectados. A soma disso apenas deixa ainda mais negativo o prognóstico do retorno dos torcedores aos estádios.

Somente no Campeonato Mineiro, o Cruzeiro acumulou prejuízos que superaram os R$ 250 mil, entre as edições do ano passado e de 2021. Foram três jogos no Mineirão e um no Independência.

Campeonato Mineiro: prejuízo de R$ 258.220,92

  • Coimbra: R$ 59,382,99 (2020)
  • URT: R$ 68.086,38 (2020)
  • Patrocinense: R$ 67.504,80 (2020)
  • Caldense: R$ 63.246,75 (2021)

Com 19 partidas como mandante na última Série B, o prejuízo, por razões óbvias, foi maior do que nos jogos do Estadual. Na Segunda Divisão, o Cruzeiro atuou 14 vezes no Mineirão e mais cinco no Independência, diante do acordo realizado pelo clube com a Arena para quitar um débito anterior.

Com Desempenho Ruim série B do Brasileiro: prejuízo de R$ 905.578,88

  • Botafogo-SP: R$ 54.238,76
  • Chapecoense: R$ 61.284,51
  • América-MG: R$ 54.300,95
  • CRB: R$ 58.273,76
  • Vitória: R$ 62.269,57
  • Avaí: R$ 60.157,95
  • Ponte Preta: R$ 59.353,76
  • Sampaio Corrêa: R$ 58.962,76
  • Juventude: R$ 59.214,76
  • Paraná: R$ 62,979,97
  • Guarani: R$ 62.547,96
  • Figueirense: R$ 62.189,97
  • Confiança: R$ 62.157,78
  • Brasil-RS: R$ 60.277,97
  • Acordo com Independência para duelos com CSA, Cuiabá, Avaí, Oeste, Náutico: R$ 67.368,45

Justamente por causa dos prejuízos acumulados, o Cruzeiro tem planejado manter o corte de custos em jogos. Por isso, o clube encaminhou um acordo para atuar no Independência, nesta temporada. Mas ainda não oficializou a situação. No domingo, diante do Athletic, pela 4ª rodada do Estadual, o jogo será novamente no Gigante da Pampulha.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Marketing Digital

Já se foi o tempo em que costumávamos usar o Instagram ou qualquer outra rede social como Facebook ou mensageiros como Whatsapp  para compartilhar...

Cidades

Um candidato a prefeito em Rio Negro, distante 149 km de Campo Grande, terá que excluir um post em que desqualifica uma pesquisa eleitoral...

Cidades

O jornal Tendência do Estado fundado em 12 de maio de 1994, dia em que comemora se o aniversário do Município de Costa Rica,...

Camapuã

O Prefeito de Camapuã, Manoel Nery, juntamente com o seu vice-prefeito Aloizio Targino, estiveram reunidos na manhã desta segunda-feira (04) no Paço Municipal, onde...