Connect with us

Hi, what are you looking for?

Costa Rica

Acusado de aborto que resultou na morte da cunhada consegue liberdade

A 1ª Câmara Criminal do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) deferiu o pedido para que Hugleice da Silva responda em liberdade pela morte da cunhada Marielly Barbosa, de 19 anos, ocasionada durante um aborto em 2011. No entanto, ele segue preso no Mato Grosso, após esfaquear a esposa Mayara Barbosa, irmã de Marielly.

A defesa recorreu alegando insuficiência de provas e pedindo que ele fosse impronunciado, ou seja, que deixasse de responder pelo aborto, tendo como resultado morte da gestante, e pela ocultação de cadáver.  Neste sentido, solicitou a revogação da prisão preventiva.

Em sua decisão, o desembargador Emerson Cafure considerou que em caso de eventual condenação  na pena mínima estabelecida para cada crime imputado, resultaria em prescrição, tendo em vista que se passaram nove anos. “Diante desse contexto, muita embora, até o momento seja reconhecida a validade formal do decreto de prisão do recorrente, de modo a justificar a cautela máxima no momento de sua emissão, para a garantia da ordem pública, entendo que a prisão se tornou excessiva”, disse. fonte midiamax

You May Also Like

Brasil

No dia 7 de janeiro, Instituto Butantan anunciou 78% de eficácia em casos leves e 100% para moderados e graves, mas não revelou índice...

Destaque

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), exonerou o vice Murilo Zauith (DEM) do comando da Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura). O decreto foi publicado...

Sem categoria

A região dos Jardins, localizada na zona oeste de São Paulo, abrange as ruas de quatro bairros nobres: Jardim Paulista e Jardim América, no...

Destaque

Orgão de imprensa de Paraíso das Águas, apurou  que o balão satélite encontrado em solo, em um retiro da Fazenda Marechal Rondon, em Paraíso...